Mikao Usui e as Artes Marciais ( Reiki)

Mikao Usui e as Artes Marciais

KINERGIA | Mikao Usui
Mikao Usui, fundador do sistema de Reiki conhecido como Usui Shiki Ryoho, tinha como ancestrais o clã Chiba, outrora muito influente durante a época feudal no Japão. Os membros da sua família eram samurais Hatamoto, o que significa que serviam diretamente o Xogum (comandante do exército e senhor feudal).
Mikao Usui foi criado como um samurai desde a sua infância e o treino das artes marciais fez parte do seu crescimento. Treinou Aiki-Jujutsu, que é uma das mais antigas e refinadas artes de combate originadas no Japão.
Praticada antigamente pelos nobres japoneses, pela sua riqueza de conhecimento e dificuldade, crê-se ter sido uma das primeiras formas de defesa pessoal do Japão feudal. A complexidade deste método consagrou-a como uma arte de elite militar. A sua dificuldade encontra-se exatamente na harmonia interior do praticante, que não se deixa levar por qualquer emoção que afetasse a sua técnica.
Na prática de Aiki-Jujutsu está incorporada a prática de Kiko, sistema de Qi Gong japonês em que se trabalha a transformação e o domínio do Ki ou energia vital. No Kiko, também se pratica a transferência de energia com as mãos para a cura. Existem referências que Usui não era grande adepto de Kiko para a cura, pois implicava um grande trabalho de geração e reposição de energia vital do praticante após uma sessão de cura.
Usui foi um praticante exímio de Aiki-Jujutsu e por esse facto recebeu o Menkyo Kaiden, que é uma licença de completa e total transmissão. É um certificado dado nas artes tradicionais a quem demonstra total proficiência dentro de uma linhagem ou estilo. Este certificado, normalmente, denota um grande nível de habilidade e domínio de todo o sistema por parte de quem o recebe. Em algumas linhagens oMenkyo Kaiden, apenas pode ser dado ao Grão-Mestre.
Numa era de surgimento dos grande nomes das artes marciais modernas Mikao Usui mantinha laços de amizade com Morihei Ueshiba, fundador do Aikido. O seu treino nas artes marciais, em Kiko, juntamente com outras práticas de natureza mais esotérica e religiosa como Shujendo, Budismo Tendai foram determinantes para o seu satori (realização) no Monte Kurama aos 57 anos de idade e que nos permite hoje usufruir da bênção da prática de Reiki.
Neste artigo pretendo de alguma forma salientar a importância da prática de atividades de natureza mais ativa e física como Tai-Chi, Qi Gong, Yoga e artes marciais tradicionais que foquem o trabalho desenvolvimento do Ki interno. A energia de Reiki precisa de um corpo apto e capaz de captar e transmitir o Ki externo. Qualquer que seja o teu nível de prática, se adicionas uma prática física que cuide do corpo, ative e abra os teus canais energéticos, de certeza que a tua prática de Reiki melhora também. Experimenta, se serviu a Mikao Usui, também deve ser bom para nós.
Boas práticas e bom Reiki
retirado de KIENERGIA,


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.