REIKI E AS NOSSAS EMOÇÕES

Nós, adultos, nos acostumamos a guardar nossas emoções, não demonstrá-las, escondê-las, abafá-las. Isso porque aprendemos assim. Desde criança ouvimos: "Engole esse choro!", "Não faça essa cara!", "Que bobeira é essa?". À medida que crescemos e experimentamos novas situações e sentimentos, alguns deles negativos e bem marcantes, vamos fazendo exatamente o que nos foi ensinado: guardar, esconder e abafar. É assim que aprendemos a lidar com as nossas emoções. Acumulando e guardando sentimentos negativos. Com isso, os sentimentos de amor, carinho, empatia, solidariedade, todas as nossas emoções positivas vão sendo cercadas. O nosso centro das emoções, o coração, estão aberto só por uma frestinha, somente o necessário, o mais seguro.
Mas isso cobra seu preço. Além de experimentar a vida, só um pouquinho, agora muitos de nós não conseguem nomear o que sentem, muito menos por que sentem.
O Reiki é uma técnica suave e natural que nos ajuda a buscar uma maneira melhor de lidarmos com nossas emoções. Dizemos que a energia Reiki é uma energia inteligente, ela vai para quando e onde for necessária. Sua alta vibração energética desaloja as mais densas, ou seja, os sentimentos negativos guardados e escondidos vão sendo modificados suavemente para alcançar um nível mais elevado ou se dissipar. Um a um, esses sentimentos vão se apresentando para serem trabalhados. Com a ajuda do Reiki temos o suporte para identificar e aprender a lidar com eles de forma mais consciente e saudável.

COMO USAR A ENERGIA REIKI PARA TRABALHAR OS SENTIMENTOS GUARDADOS

Normalmente, com o Reiki, acontece primeiro uma faxina geral. Vamos lidar com os sentimentos guardados como mágoas, frustrações, raiva, tristeza, ciúme, etc. Pois não dá para "arrumar a mesa sem limpar os pratos". Depois, a energia Reiki fornece segurança e alimento energético para que os sentimentos positivos cresçam e nosso centro energético do coração se abra. Pouco a pouco nos abriremos para uma vida mais plena, com segurança e naturalmente.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.